No momento de partida do muro das Lamentações

No momento de partida do muro das Lamentações
De frente para o muro das Lamentações os judeus rezam. Muito bem, é uma prática religiosa bem antiga de ficar o mais próximo possível do último muro restante do templo erigido nos velhos tempos por rei Salomão.
Mas hoje me passou pela cabeça, que, quando o judeu está rezando de frente para o muro e termina sua oração e se afasta,

para qual lado ele geralmente se vira?

Por respeito às pessoas que estão ali: não se viram, nem saem correndo, passam para um estado contínuo meditativo, de gestos tranquilos e calmos, vagarosos. Fizeram preces, pedidos, as vezes até colocaram bilhetinhos de preces e pedidos de outras pessoas que estão longe de Israel nas fendas entre as grandes pedras.

Então o indivíduo que acabou de rezar, se afasta, se for um religioso ortodoxo, termina a oração com três passinhos e balançam-se para cada um dos lados.
Isto faz parte da prática neste momento antes de retornar as vistas para um mundo conturbado.

Mas caso não seja o indivíduo não trata-se de um ortodoxo, imagino que após afastar-se ainda olhando o muro gigantesco, a maioria dos indivíduos vira-se pela direita para voltar à realidade mundana.                        O que há nesta direção?                                 Geograficamente falando.

Em termos geográficos, a perder de vista, temos no horizonte para uma direção, no polo inferior, o Oriente Médio, e se o indivíduo vira-se pela esquerda, pelo outro lado, projetando-se à distância no polo superior encontra-se a grande extensão soviética, antiga pátria de muitos judeus.

Que diferença!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A autoridade da rainha

meusgatinhos