Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Levava Chapéuzinho uma cestinha de cerejas.

Imagem
Chapéuzinho Vermelho corre, corre os doces encostam uns nos outros, com as casquinhas desfazendo-se. O lobo ficou atrás se transformando, cada dia mais peludo, e berrava para ela à distância: 

Volte aqui, menina, volte aqui!

Chapéuzinho não sabia se tinha mais medo do lobo ou dos abutres, estes pássaros negros grandes rodando em cima deles. 
Ou de que o lobo com aquela pele horrível, cheia de pelo escuro a pegasse pelo braço para pegar a sua cestinha.

Onde andava ela via a terra escura que era da mesma cor do lobo,
 e só pensava em chegar logo na casa da vovó e vê-la, 
branquinha e cheirosa com seu vestido bonito.

Os doces tremiam e pulavam na cestinha de vime e Chapéuzinho parou de correr para respirar pensando que o lobo era um tanto lerdo para alcançá-la de verdade.

Mas a vovó, mesmo bem vestida não enxergava e deixou o lobo peludo entrar.

Chapéuzinho voltara a correr com os docinhos que se desmanchavam e lambuzavam um no outro. 
Quando chegou na frente da porta parou para averiguar como est…